?
 
 
 
?
 
 
 
As 12 perguntas mais frequentes numa entrevista de emprego

Você irá fazer uma entrevista de emprego e não sabe o que podem te perguntar?
A Empregar Talentos dará uma ajuda para você saber o que responder.

1. Fale sobre si.

Esta pergunta é quase obrigatória em uma entrevista de emprego e deverá ser muito bem praticada para uma resposta sucinta, direta e, acima de tudo, que valorize o seu perfil profissional.

2. Quais são seus objetivos a curto prazo? E a longo prazo?

Seja específico e tente aproximar, de alguma forma, os seus objetivos aos da própria empresa. Respostas como "ganhar bem" ou "aposentar-se" são totalmente proibidas.

3. O que o levou a enviar o seu currículo a esta empresa?

Aproveite esta deixa para demonstrar que fez o seu "trabalho de casa" e fale sobre a atividade da empresa e a forma como o posicionamento desta a torna uma empresa de elevado interesse para qualquer profissional. Naturalmente, para responder a esta pergunta, é preciso fazer previamente uma pesquisa sobre a empresa. Vá ao site institucional, faça pesquisas usando mecanismos de busca, leia revistas da especialidade e converse com pessoas que trabalham ou já trabalharam lá.

4. Qual foi a decisão mais difícil que tomou até hoje?


O que é pretendido com esta questão, é que os candidatos sejam capazes de identificar uma situação em que tenham sido confrontados com um problema ou dúvida, e que tenham sido capazes de analisar alternativas e conseqüências e decidir da melhor forma.

5. O que procura num emprego?

As hipóteses de resposta são várias: desenvolvimento profissional e pessoal, desafios, envolvimento, participação num projeto ou organização de sucesso, contribuição para o sucesso da sua empresa, etc.

6. Você é capaz de trabalhar sob pressão e com prazos definidos?

Um "não" a esta pergunta pode destruir por completo as suas hipóteses de ser o candidato escolhido, demonstre-se capaz de trabalhar por prazos e dê exemplos de situações vividas em trabalhos anteriores.

7. Dê-nos um motivo para o escolhermos em vez dos outros candidatos.

Esta é sempre das perguntas mais complicadas, mas o que se espera é que o candidato saiba "vender" o seu produto. Isto é, deverá focar-se nas suas capacidades e valorizar o seu perfil como o mais adequado para aquela função e a forma como poderá trazer benefícios e lucros para a empresa.

8. O que você faz no seu tempo livre?

Seja sincero, mas, sobretudo lembre-se que os seus hobbies e ocupações demonstram não só a capacidade de gerir o seu tempo, preocupações com o seu desenvolvimento pessoal e facilidade no relacionamento interpessoal.

9. Quais são as suas maiores qualidades?

Aponte aquelas características universalmente relacionadas com um bom profissional: proatividade, empenho, responsabilidade, entusiasmo, criatividade, persistência, dedicação, iniciativa, e competência.

10. E pontos negativos/defeitos?

Naturalmente que a resposta não poderá ser muito negativa, pois serão poucas as hipóteses para um profissional que diga ser desorganizado, desmotivado ou pouco cumpridor dos seus horários. Assim, o truque é responder partindo daquilo que normalmente é considerado uma qualidade, mas agravando-o de forma a parecer um "defeito". Ou seja, exigente demais, perfeccionista, muito autocrítico, persistente demais, etc.

11. Que avaliação faz da sua última (ou atual) experiência profissional?

Não se queixe e, em caso algum, critique a empresa e respectivos colaboradores. Diga sempre alguma coisa positiva, ou o ambiente de trabalho ou o produto/serviço da empresa. Se começar a apontar defeitos ao seu emprego anterior correrá o risco de o entrevistador achar que o mesmo pode acontecer no futuro relativamente aquela empresa.

12. Até hoje, quais foram as experiências profissionais que lhe deram maior satisfação?

 Seja qual for a sua escolha, justifique bem os motivos. Tente mencionar as mais recentes e que sejam mais adequadas aos seus objetivos profissionais.

 

Dicas para a entrevista

  1. Seja sempre pontual;
  2. Seja discreto na maneira de se vestir e de se apresentar;
  3. Faça perguntas que lhe permitam conhecer melhor a empresa onde pretende ingressar;
  4. Não esconda suas dificuldades quanto a aspectos profissionais;
  5. Seja claro e objetivo, evitando falar em demasia;
  6. Não saia da entrevista com dúvidas quanto ao cargo, função, benefícios, horários, a quem deverá se reportar e plano de carreira;
  7. Fale de suas habilidades e aptidões com exemplos claros e precisos;
  8. Procure organizar suas idéias, de modo a formular um discurso coerente;
  9. Fale de seus objetivos atuais e futuros, tanto profissionais quando acadêmicos.
  10. Seja sincero.

DICAS PARA FAZER UM BOM CURRICULLUM

Na hora de fazer seu currículo procure fazê-lo simples e objetivo, sempre direcionando-o para a sua área de interesse.
Evite currículos com mais de 2 páginas.
Existe no mercado vários modelos de currículo, porém ele é muito pessoal, pois é seu espelho, seu cartão de visita nas empresas, e ninguém melhor do que você para se apresentar, apenas não esqueça das seguintes informações:
Nome, endereço completo, telefone (caso seja de recado não se esqueça de mencionar), e-mail se você tiver estado civil;
Área de interesse;
Escolaridade;
Cursos extracurriculares (preferencialmente que tenham afinidade com a área de interesse);
Idiomas, informando o nível de conhecimento;
Empresas em que trabalha ou trabalhou, sempre iniciando pela mais recente;
Resumo das atividades desenvolvidas em cada empresa;
No caso de pretensão salarial, envie apenas se for solicitado;
Não coloque o número dos documentos, deixe esta informação para ser passada na hora que lhe for solicitada na empresa;
Não mencione referências pessoais, profissionais ou comerciais, estes dados também podem ficar para depois;
Se você não tem experiência profissional, destaque aos cursos e entidades;
Caso você tenha muitos anos de mercado e trabalhou em muitas empresas, mencione as atividades desenvolvidas somente das 3 ou 4 últimas empresas;
Se você atuou em cargos executivos, no início do currículo faça um resumo do seu perfil, mencione os resultados obtidos durante sua carreira;
Analise a disposição e apresentação do seu currículo, ele tem que lhe parecer agradável, claro e de fácil leitura;
É importante revisar o currículo para que não haja erros de português (gramática, concordância...), peça para alguém fazê-lo ou faça você mesmo.

O CURRICULLUM NÃO DEVE APRESENTAR

Filiação;
Referências pessoais e profissionais;
Documentação (números);
Início dos estudos: 1º e 2º grau se você já tem curso superior;
Mais do que 4 empresas;
Foto;
Coisas que dificultam a leitura.

Resumindo

  • Prepare-se adequadamente para a entrevista.
  • Sinta o ambiente, observe atentamente e "sintonize-se".
  • Seja empático e ativo.
  • Deixe o entrevistador estabelecer as regras do jogo da entrevista.
  • Adote uma postura aberta, espontânea e tenha atitudes positivas.
  • Procure descobrir as expectativas do entrevistador.
  • Dê informações adequadas ao entrevistador.
  • Cuide do conteúdo da entrevista.

Busque superar os obstáculos para que a entrevista flua produtivamente

 

Dicas de comportamento em uma entrevista de emprego
 
Não fume pelo menos 2 horas antes da entrevista, durante e nem quando estiver saindo da mesma. Caso o entrevistador fume ou ofereça a você, não aceite, pois isso pode ser mais um teste.
No dia anterior à entrevista, procure dormir cedo para não chegar com ar de cansado. Dormir tarde, pode atrapalhar o seu raciocínio prejudicando a entrevista.
Não minta, pois no decorrer da entrevista você poderá entrar em contradição.
Seja pontual. Procure chegar 10 a 20 minutos antes da hora marcada.
Não deixe piercing e tatuagens à mostra.
Não coloque os cotovelos ou as mãos sobre a mesa do entrevistador.
Procure não desviar o olhar quando questionado pelo entrevistador, pois isso pode demonstrar falta de atenção ou insegurança.
Não mastigue chicletes nem chupe balas no momento da entrevista.
Fale em tom de moderado para baixo e pausadamente (com tranqüilidade).
Não sente na cadeira da empresa todo esparramado. Tanto fora quanto dentro da sala do entrevistador, mantenha postura.
Nunca falar gírias ou palavrões.
Mantenha as unhas bem tratadas.
Nunca fale mal da(s) empresa(s) ou do(s) chefe(s) anterior(es).
Procure obter informações antecipadamente sobre a empresa na qual você está sendo encaminhado.
Escute o entrevistador até o final. Não interrompa.
Seja objetivo, responda só o que lhe é perguntado.
Evite dar ênfase a um único assunto, salvo se solicitado.

DICAS PARA HOMENS

Usar ternos escuros, de preferência preto ou azul marinho, ou calça escura e camisa social clara, bem passadas.
Usar sapatos engraxados. Não usar tênis, sandália ou chinelo.
Fazer a barba ou apará-la.
Não usar brincos.
Usar cabelos curtos, limpos e penteados. Caso você tenha cabelos longos, mantenha-os penteados e presos.
Usar gravatas sóbrias sem desenhos infantis.
Usar meias escuras, preferencialmente pretas ou da cor da calça.
Não usar boné ou chapéu.

DICAS PARA MULHERES

Usar maquiagem leve.
Nunca usar mini saias.
Não pintar as unhas com esmaltes de cor muito chamativa. O ideal é uma cor clara.
Usar colônia com odor leve, quase imperceptível.
Usar roupas discretas tipo tailleur (traje composto de blaizer e saia do mesmo tecido e cor).
Usar acessórios discretos (brincos, pulseiras, anéis...)
Nunca usar roupas transparentes, muito justas ou muito decotadas.

 

 

 

 

 

 

 

 

     
Desenvolvido por Marcos.            
Empregar Talentos - Consultoria em Recursos Humanos - Rua Antonio Quirino da Silva, 43 - Ing? - Betim - MG
Telefone: (31) 3532-1458
empregartalentos@empregartalentos.com.br